Dicionário de Economês

Economês é praticamente um outro idioma e que, apenas algumas faculdades especializadas ensinam, então nada melhor pra ajudar a entender tudo isso do que um Dicionário de Economês!

Aqui vou compilar esse monte de palavra difícil que ouvimos por ai, deixar uma explicação resumida e o link para algum post relacionado, vamos lá:

AÇÃO: É uma parcela do capital de uma empresa do tipo Sociedade Anônima (Aberta ou Fechada).

AÇÃO PREFERENCIAL: Concede ao dono o direito a uma parte fixa do lucro, antes da distribuição dos dividendos.

AÇÃO ORDINÁRIA: Concede ao dono o direito de ser indicado para a direção executiva, mas só tem direito aos dividendos depois do pagamento dos donos de ações preferenciais.

ACIONISTA: Dono de qualquer quantidade de ações.

ACIONISTA MAJORITÁRIO: Dono de mais da metade das ações de uma empresa, outra forma de definir é quando um acionista tem mais ações que outro.

ACIONISTA MINORITÁRIO: Todo acionista que não é majoritário.

AMORTIZAÇÃO (Contabilidade): É a parcela retirada pelo proprietário de uma empresa para atender à depreciação de bens ativos.

AMORTIZAÇÃO (Economia): É a redução de uma dívida.

ATIVO: São todos os bens e direitos de uma pessoa ou empresa que geram valor financeiro.

BENS: São todas as coisas que satisfaçam as necessidades humanas e que possam ter avaliação econômica.

CAPITAL: É o conjunto de ativos e bens que geram renda constante ao longo do tempo por meio de aplicação na produção.

CONTABILIDADE: É a ciência que estuda a administração de patrimônio, auditagem, análise, mensuração e projeção.

CUSTO: É o gasto com um bem ou serviço para produzir outros bens ou serviços

DEPRECIAÇÃO: É a redução do valor financeiro de algo, devido ao desgaste por uso ou tempo.

DESPESA: É o gasto com as necessidades, indiretamente, ligadas a produção de um bem ou serviço.

FATURAMENTO: É o total de faturas emitidas por venda de produtos ou serviços num determinado período.

FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS (FGV): Associação civil sem fins lucrativos que protege e garante o pagamento dos títulos aos investidores, dentro de limites estabelecidos.

LUCRO: É quando existe uma diferença positiva em relação ao total de gastos e o total de ganhos.

PASSIVO: São todas as obrigações de pagamentos para terceiros.

PATRIMÔNIO: Todos os bens, ativos, passivos, direitos e obrigações de uma pessoa ou empresa que pode ser medido financeiramente.

PREJUÍZO: É quando existe uma diferença negativa em relação ao total de gastos e o total de ganhos.

RECEITA: É o que traz dinheiro para a pessoa ou empresa.

RENDA: É o total de dinheiro que a pessoa ou empresa recebe constantemente.

TESOURO DIRETO:  É um programa do governo para venda de títulos federais para pessoas físicas através da internet.

Continua…